As rosas não falam, de Cartola

Esta música me lembra a minha amiga Cosma do Vale.

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão
Emfim

Volto ao jardim
Com a certeza de que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim

Queixo-me as rosas mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E quem sabe sonhavas meus sonhos
Por fim

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão
Emfim

Volto ao jardim
Com a certeza de que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim

Queixo-me as rosas mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E quem sabe sonhavas meus sonhos
Por fim

Retribuindo carinhosamente…

Adoro blogar; pra mim é muito bom ver novidades, gente criativa, outros pontos de vista e leituras diversas. Estou sempre visitando os seguidores do Livro e Arte embora nem sempre deixe comentários. Vocês são muito importantes para mim. Nesse final de semana visitei e gostei muito do que vi nesses blogs.
Silvia postou: “E vejo flores em você” que trata da sua paixão pelas flores e plantas;
Drª Denise traz uma reflexão “Nutrindo os amigos” de J. L. Borges com tradução de Cirilo Veloso; lindo texto, vale a pena ler.
Monica está escrevendo sobre o seu passeio à praia de Salinas no Pará, mostrando umas fotos lindas;
Andrew postou “O ultrapassado que sai caro”  – um post sobre a preocupação com o lixo e especialmente com a destinação para os resíduos eletrônicos; 
Talita traz a resenha do livro ” Um advinho me disse”, de Tiziano Terzini; vale a pena ler, deu vontade;
Maria José faz uma bela homenagem aos seus “Amigos (virtuais) para sempre”; lindo, perfeito;
Marcelo Dalla escreveu um post com base em dois livros ” Indícios cármicos no mapa natal” e Planetaas retrógrados e reencarnação”, que trata de heranças que trazemos do passado; muito bom!
Luiza postou uma matéria sobre caviar…hum!!! de dar água na boca.

Dom Ceslaw Stanula – de Bom Jesus da Lapa para o Brasil!

Dom Ceslaw Stanula, missionário redentorista, nasceu no dia 27 de março de 1940, em Szerzyny, pequena cidade, distante 100 km de Cracóvia, na Polônia. Iniciou o seu trabalho sacerdotal na Polônia, depois foi transferido para a Argentina e após seis anos veio para o Brasil dar início à Missão Redentorista da Bahia, em Bom Jesus da Lapa.

Em Bom Jesus da Lapa ocupou as funções de Superior da Missão Redentorista da Bahia, de Reitor do Santuário, Pároco da Paróquia, Vigário Geral da Diocese, Professor do Colégio de São Vicente.

Conheci Dom Ceslaw quando chegou a Lapa e lembro-me do seu trabalho apostólico, da sua dedicação ao Santuário do Bom Jesus e do atendimento atencioso aos milhares de romeiros.
Atualmente ele é Bispo Diocesano de Itabuna, na Bahia.
Parabéns Dom Ceslaw pelo seu aniversário, que Papai do Céu continue iluminando seu caminho missionário.

G7: o grupo do meu coração

Com esse texto quero prestar uma homenagem a minha querida amiga Osanira; ela participava do G7 e foi uma das três últimas a se integrar a esse grupo que ela amava imensamente;tinha sempre atenção, carinho, cuidado e palavras de apoio para cada uma,na hora certa. Ela deixa nos deixou um grande vazio, vamos sentir muito a sua falta…
Grupo das Sete – G7
Participar desse grupo é um presente. O G7 foi formado por um grupo de amigas há quase 20 anos. O nome do grupo ainda hoje é uma polêmica. Sete porque era o número de componentes inicialmente ou porque se encontravam sempre às 7 da noite, após o expediente? Naquela época o nosso horário nos Correios era até 18h45minh; o certo é que ficou G7 embora sejamos 11.

Nesses anos, já nos encontramos inúmeras vezes, já fizemos várias festas temáticas (fantasia, halloween, personalidades, brega, camisa listrada, 15 anos do G7, natal das máscaras e até jogo de futebol, dentre outras. Meu grupo acumula muitas estórias engraçadas de encontros e desencontros de horários, de locais, de brincadeiras. Acontece de tudo nas nossas festas todas organizadas com muito carinho e cheias de surpresas. É um grupo unido, coeso e muito presente na vida de cada uma de nós; se preciso de apoio sei que posso recorrer ao meu G7.

Pra mim três palavras definem esse grupo mais fortemente: amizade, solidariedade, descontração e sempre que nos encontramos ou pensamos numa música Amigos para sempre faz muito sentido para o grupo e hoje esse texto traz uma bela reflexão.

Imagine que você está à beira-mar… e você vê um navio partindo.
Você fica olhando, enquanto ele vai se afastando e afastando, cada vez mais longe, até que finalmente parece apenas um pontinho no horizonte, lá onde o mar e o céu se encontram. E você diz: “pronto, ele se foi”. Foi aonde? Por onde estará passando? Foi a um lugar que sua vista não alcança. Só isto.
Ele continua tão grande e tão bonito e tão importante como era quando estava perto de você. A dimensão diminuída está em você, e não nele.
E naquele exato momento em que você está dizendo “ele se foi”, há outros olhos vendo-o aproximar-se e outras vozes alegremente dizendo: Ele está chegando!

G7 – o grupo do meu coração!

Ontem foi a festa de Natal do G7; optamos por uma jantar num restaurante bem legal e com o tradicional “amiga oculta” e outros presentinhos. Essa mudança nos ajudou a descontrair e mesmo lembrando muito e sentindo a falta da Natália foi mais fácil. O grupo continua unido e com muitas histórias pra contar, afinal são quase 20 anos de muita amizade, muitos encontros e muita festa. Tenho certeza que minha amiga ficou tão feliz como nós estamos!

Fábrica de Designs

Conheci blogs navegando pela internet e fiquei com muita vontade de ter um; como sempre fiz artesanato, comecei a fotografar minhas peças e gostaria de mostrá-las para muitas outras pessoas. Achei que a melhor maneira seria criar um blog. Criei um, seguindo as orientações, mas apareceram as muitas dificuldades para atualização, pra deixá-lo com a minha carinha, pra deixá-lo do meu jeito. Com uns quatro meses de criado deletei sem querer e perdi tudo; Foi grande frustração; comecei tudo de novo.

Em janeiro, de férias, resolvi buscar um especialista, um profissional com experiência e conhecimento para me apoiar na criação de um novo blog. Em pesquisa pela internet selecionei alguns e dentre esses optei pela Talita Cavalcante da Fabrica de Designs de Belo Horizonte. Ela tem um blog Dona Perfeitinha, que pra mim é o seu principal cartão de visitas; é muito bem feito, organizado e atualizado.

Fiz uma ótima escolha; Foram muitos e-mails e até telefonemas para discutir todos os detalhes, inclusive para a escolha do nome; a Talita sempre me atendeu com muita atenção, presteza e carinho; o resultado ficou lindo. Mesmo depois de pronto, ela continuou me acompanhado, me assessorando e me adotou por meio de uma campanha solidária criado por ela, Adote um blogueiro mais inexperiente que você. Estou sempre recorrendo a ela em minhas dificuldades.

É por tudo isso e pela sua competência que recomendo o Fábrica de Designs. Se você está pensando em criar um blog ou dar uma carinha nova para o seu, visite o site da Talita ou entre em contato pelo telefone 9894 4318 ou pelo e-mail talitalemos@gmail.com.

Programa de Demissão Voluntária nos Correios

Hoje nos Correios, foi um dia de despedida pra muitos colegas que aderiram ao PDV. Vinha pra casa pensando nos sentimentos que envolvem essa decisão; que bom que eles identificaram a melhor hora e que bom que eles tiveram a oportunidade de sair ainda “inteiros” e com disposição de continuar produtivos, criativos e na busca de novos desafios.
É claro que vou sentir falta de amigos tão queridos e companheiros de longa jornada, quantos momentos de discussões, reuniões, festinhas e bate papos sempre com muitas risadas.
Pra cada um quero deixar aqui registrado meu carinho votos de boa sorte e sucessos nas novas empreitadas. Com resgistro especial para Cosma do Vale, Zeka Murta, Helena Martins, Profº Osmar Braz, Profº Peron, Glória Luz, Ester, Liracena, Eleuni, Geraldinha e Zeles.
Com certeza nos encontraremos por aí…

Correios se solidarizam com as vítimas das enchentes no Maranhão e Piauí.

No período de 18 de maio a 16 de junho, os Correios receberão em todas as suas Agências donativos para as vítimas das enchentes dos estados do Maranhão e Piauí, com postagem gratuítas.

Serão aceitos alimentos não perecíveis, vestuário, roupas de cama, mesa e banho, calçados, tendas e barracas, em embalagens de até 30 kg e endereçadas à Defesa Civil do estado escolhido pelo doador, não sendo permitido o envio a pessoas físicas, órgãos ou entidades.

Não serão aceitas doações em dinheiro e encomenda/donativo que não atenda às condições preestabelecidas.

Obs:
As doações de medicamentos devem ser feitas somente por fabricantes ou redes farmacêuticas que se responsabilizem pelo cumprimento das normas legais e sanitárias aplicáveis a esses produtos (como prazo de validade, por exemplo).

(fonte: Circuito MT com informações TVCA)
Participe dessa Campanha e ajude a amenizar as dificuldades vividas pelas populaçoes afetadas por essas enchentes.

G7 – o meu grupo do coração…

Republico esse texto porque quero prestar uma homenagem a minha querida e inesquecível amiga Natália; ela foi uma das idealizadoras e fundadoras e amava imensamente esse grupo, costumava dizer que era a secretária, a advogada, a tesoureira, a telefonista aliás era tudo no grupo. Não consigo escrever mais… ela nos deixou um grande vazio, vou sentir muito a sua falta…

Grupo das Sete – G7

Participar desse grupo é um presente. O G7 foi formado por um grupo de amigas há quase 20 anos. O nome do grupo ainda hoje é uma polêmica. Sete porque era o número de componentes inicialmente ou porque se encontravam sempre às 7 da noite, após o expediente? Naquela época o nosso horário nos Correios era até 18:45h; o certo é que ficou G7 embora sejamos 11.

Nesse anos já nos encontrams inúmeras vezes, já fizemos várias festas temáticas (fantasia, hellowin, personalidades, brega, camisa listrada, 15 anos do G7, dentre outras e a última que foi o natal das máscaras e até jogo de futebol. Meu grupo acumula muitas estórias engraçadas de encontros e desncontros de horários de locais, de brincadeiras. Acontece de tudo na nossas festas todas organizadas com muito carinho e cheias de surpresas. É um grupo unido, coeso e muito presente na vida de cada uma de nós; se preciso de apoio sei que posso recorrer ao meu G7.

Pra mim três palavras definem esse grupo mais fortemente: amizade, solidariedade, descontração e sempre que nos encontramos ou pensamos numa música, essa faz muito sentido para o grupo:

Amigos Para Sempre

Eu não tenho nada pra dizer você parece no momento até saber como eu estou sofrendo
Vem veja através dos olhos meus a emoção que sinto em estar aqui Sentir seu coração me amando
(Refrão 2X)
Amigos para sempre é o que nós iremos ser Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes nos momentos de prazer amigos para sempre
Você pode estar longe, muito longe sim Mas por te amar sinto você perto de mim, e o meu coração contente
Não nos perderemos não te esquecerei você é minha vida tudo que eu sonhei E quis para mim um dia.
(Refrão 2X)
Amigos para sempre é o que nós iremos ser Na primavera ou em qualquer das estações Nas horas tristes nos momentos de prazer amigos para sempre
Olho, pra você e me pergunto assim Se tudo é tão sincero Por que tem que haver Um tempo de dizer adeus …
Amigos para sempre é o que nós iremos ser Na primavera ou em qualquer das estações
Nas horas tristes nos momentos de prazer amigos para sempre