Então é Natal, de Simone

Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez

Então é Natal, a festa cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre, num só coração
Então bom Natal, pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho, pra paz afinal


Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez


Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

Harehama, há quem ama
Harehama, ha…
 

Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Hiroshima, Nagasaki, Mururoa, ha…

É Natal, é Natal, é Natal

Santuário de Bom Jesus da Lapa: hino oficial

Cantem todos um hino de glória
nesta gruta de vida e de luz.
Bendizendo a sagrada memória
do excelso Senhor Bom Jesus.
 
O Bom Jesus da Lapa a ninguém nega favor.
Seja pobre, seja rico, inocente, ou pecador.
 
O que sofre, o que padece ao peso da dura cruz.
Sente que a dor arrefece quando invoca o Bom Jesus.
 
Da gruta na penedia pendem milagres a flux.
São graças que cada dia nos concede o Bom Jesus.
 
É a nossa salvação o amoroso Bom Jesus.
Que por nossa redenção quis morrer em uma cruz.
 

Tocando em frente – Almir Sater

Tocando Em Frente

Ando devagar porque já tive pressaE levo esse sorriso, porque já chorei demaisHoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabeEu só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maçãs,É preciso amor pra poder pulsar,É preciso paz pra poder sorrir,É preciso a chuva para florir.
Penso que cumprir a vida seja simplesmenteCompreender a marcha, e ir tocando em frenteComo um velho boiadeiro levando a boiada,Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou,Estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maçãs,É preciso amor pra poder pulsar,É preciso paz pra poder sorrir,É preciso a chuva para florir.
Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,Um dia a gente chega, no outro vai emboraCada um de nós compõe a sua história,E cada ser em si, carrega o dom de ser capaz,E ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs,O sabor das massas e das maçãs,É preciso amor pra poder pulsar,É preciso paz pra poder sorrir,É preciso a chuva para florir

Velha infância, de Marisa Monte

Você é assim:
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo,
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito.
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo.
O meu melhor amigo é o meu amor.
E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança.
A gente brinca
Na nossa velha infância.
Seus olhos, meu clarão,
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem o caminho;
Eu sigo e nunca me sinto só.
Você é assim:
Um sonho pra mim;
Quero te encher de beijos.
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito.
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo...
O meu melhor amigo é o meu amor.
E a gente canta
E a gente dançar
E a gente não se cansa
De ser criança.
A gente brinca
Na nossa velha infância.
Seus olhos, meu clarão,
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem um caminho;
Eu sigo e nunca me sinto só.
Você é assim: Um sonho pra mim.
Você é assim...
Você é assim: um sonho pra mim.
Você é assim...