Conselhos Regionais de Biblioteconomia – Eleições 2011 (triênio 2012/2014)​.

Estão agendadas para 17 de novembro, as eleições para os Conselhos Regionais de Biblioteconomia; é uma boa oportunidade para os bibliotecários se unirem e trabalharem em prol da valorização da profissão e para vivenciarem o dia a dia de um Conselho.

Fui presidente do CRB-1 e guardo as boas lembranças de um período de grande aprendizado, muito trabalho e doação. Acredito que todo bibliotecário deveria passar por essa experiência, vale muito a pena e tenho certeza que nossos Conselhos ganhariam muito. Pensem nisso…

Aproveito para divulgar o calendário eleitoral que o CFB/CRB organizou para as eleições deste ano, de acordo com as Resoluções CFB nºs: 088/2008; 089/2008 e 120/2011:

03/10/2011– Data limite para registro de chapas (art.12, inciso I, da Res.120/2011)

07 a 17/11/2011 – Votação pela Internet (se for chapa única), até as 21h00 (art.34º, da Res.120/2011

17/11/2011 – Votação presencial, das 08 às 17h00 (art.35, da Res.120/2011)

17/11/2011 -Apuração dos votos, proclamação dos resultados e lavratura da ata na Eleição Presencial, (art.46, 17/11/2011)

Calendário eleitoral e outras informações: http://www.cfb.org.br/

Frente Parlamentar em Defesa da Biblioteca Pública

Foi lançada ontem no auditório Freitas Nobre, a Frente Parlamentar em Defesa da Biblioteca Pública que objetiva a discussão do papel estratégico da biblioteca pública na formação intelectual do cidadão.

O grupo será coordenado pelo deputado Jose Stédile (PSB-RS, que pretende promover debates sobre políticas de criação, modernização e capacitação técnica dos profissionais de bibliotecas públicas.

 

O evento contou com a participação de deputados, estudantes de biblioteconomia, professores da FCI/UnB e do CFB, FEBAB, CRB1 e ABDF.
Que bom! Queremos bibliotecas públicas cada vez mais atuantes e fazendo a diferença na vida das pessoas.

Olhem nos olhos das bibliotecárias

Um belo texo do apaixonado por livros, literatura e biblioteca, Ignácio de Loyola Brandão, publicado no Estadão de 17-06-2011.

…”Bibliotecas têm um cheiro especial, atmosfera própria, uma luz particular. Quanto às bibliotecárias, identifico-as pelo olhar. Olhem nos olhos delas, logo verão se gostam do que fazem. Elas têm viço, como se dizia. Levam uma chama nos olhos quando estão entre livros. Circulam pelos corredores entre estantes de modo desenvolto, em passos leves de dança”…
Texto completo: http://www.estadao.com.br/

Biblioteca Pública do Estado da Bahia completa 200 anos

A biblioteca pública da Bahia é a primeira biblioteca pública do Brasil e da América Latina e foi criada oficialmente em ato solene e simbólico no dia 13 de maio de 1811 e aberta ao público no dia 4 de agosto.

A biblioteca funciona  no tradicional bairro dos Barris, no Centro Antigo de Salvador, diariamente, incluindo os domingos. No acervo destaque para o setor de obras raras e valiosas, documentação baiana,  braille e infantil.

A programação de aniversário conta com debates, apresentações artísticas e relatos de personalidades sobre sua relação com o livro e ainda uma conferência do atual diretor da Biblioteca Nacional de Brasília, o professor Antônio Miranda.