Meu poeta! Amar e não amar, de Julio Cezar dos R. Almeida

Amei e não amei
Bate baixinho o coração.

Amei… Amei em vão!
Não amei… Só me poupei de desilusão…

Amei e não amei…
Bate descompensado o coração…

Será que fiz bem… Não sei não!
Amar traz tanto desassosego…
Não amar só traz solidão…

Amei e não amei…
Canta o trem quanto chega à estação…

4 comentários sobre “Meu poeta! Amar e não amar, de Julio Cezar dos R. Almeida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s