Mercado Sênior

Nas minhas andanças pela Net encontrei no blog da Maristela (Inteligência de Mercado) esse texto que traduz muito bem do muito que eu acredito….

“Quem não for belo aos vinte anos, forte aos trinta, esperto aos quarenta e rico aos cinqüenta, não pode esperar ser tudo isso depois.”Martinho Lutero
– Com todo respeito seu Lutero, eu discordo completamente do senhor!O contexto em que essa idéia foi escrita, séc XVI, é completamente diferente 5 séculos depois. A começar pela expectativa de vida.Naquele tempo, viver 40 anos devia ser algo quase impensável ( e doloroso).Uma pessoa dessa idade podia ser considerada senil. As pestes, guerras, o estilo de vida excessivamente rural, a exposição à hostilidade do clima, enfim, tudo isso devia castigar tanto o corpo e o espírito que aos 40, a morte era uma benção.
Medicina e dentista, nem pensar.Por que falar sobre isso?Nossa geração já superou a barreira dos 3 dígitos. Cada vez mais encontramos pessoas que chegam aos 100 anos, com saúde física, mental, emocional e espiritual. Isso ainda não é comum, mas acontece.Infelizmente, algumas pessoas envelhecem como seus pais e avós.E não é por uma questão genética, mas ambiental e simbólica.E digo isso no mal sentido. Com todos os problemas que eles tiveram, inclusive a postura corporal e a comportamental.Como assim?Somos seres altamente simbólicos. Nossa mente se movimenta a partir de crenças. Tudo o que pensamos e sentimos é filtrado por nossas crenças.
Vemos o mundo que acreditamos, não o real.
As realidades são “construídas” baseadas nessas crenças. E isso não é papo esotérico, não. É fruto de descobertas das neurociências. Nosso cérebro ainda é uma caixa negra.Ok, mas vamos deixar por menos. Digamos que chegaremos aos 90 anos. E daí?Quem aos 50 está se sentindo acabado, como pretente viver nos próximos 40 anos?
Estrategicamente, que planos profissionais você quer traçar para esse futuro?
Aposentadoria é um conceito tão antigo quanto usar chapéu, polaina e bengala……Ou broche, laquê e anágua.Faz parte de um passado morto e enterrado. Um paradigma que já foi superado mas ainda tem gente que o sustenta como sendo uma tábua de salvação.O que fazer com a sabedoria adquirida em toda essa trajetória dos últimos 50 anos?
Que objetivos profissionais é possível traçar?Onde e como você quer estar daqui há 5 anos? Em 2014.
O futuro é uma das muitas abstrações das nossas crenças. Futuro não é algo que nos acontece.
É algo que construímos no eterno agora.
Parece paradoxal? Mas é mesmo. O nome do jogo da vida é paradoxo.
A beleza, a força, esperteza e a riqueza das quais Lutero falou, pertencem todas ao agora.Qualquer que seja sua idade.
O mercado de trabalho (atenção, eu disse de trabalho, não de emprego… há uma diferença enorme entre um e outro, e não apenas conceitual, mas de atitude!) está pronto para absorver a sabedoria e a energia dos sêniors. E pagar por isso.
Envelhecer não é uma questão cronológica, mas de comportamento. Envelhece quem para de aprender e perde a disposição de inovar e criar. Quem se atualiza constantemente e pratica o Kaizen* não tem tempo para envelhecer.
Não podemos escolher nossa aparência quando nascemos. Nossa herança genética fala por nós.
Mas o modo como envelhecemos, o rosto, corpo, mente e idéias que queremos ter certamente depende apenas da gente. Nesse caso a influência ambiental fala tão alto quanto a genética.
Aqui mesmo no Brasil, temos um dos melhores exemplos, Roberto Marinho que começou a construir o império das organizações Globo aos 60 anos. ( por favor, baixe a guarda da sua ideologia. Gostemos ou não, a Globo é uma potência transnacional, com todas as qualidades e defeitos que isso significa).Quando ele morreu, aos 98 anos, teve quase 40 anos para trabalhar e desfrutar o sucesso de seu empreendimento.
Há um mundo te esperando. Aguardando sua interferência para ser melhorado. Com grandeza, participação, saúde, beleza, força, energia e bom humor.
Oscar Motomura, o CEO da Amana-Key, a quem admiro profundamente, disse uma vez que nossa geração tem a possibilidade de ter, no mínimo, 3 carreiras no decorrer da vida, com pelo menos 25 anos de atuação em cada uma.
Que exemplos você conhece de pessoas que superaram os limites impostos por suas crenças e criaram uma nova realidade após os 50?
Em qual carreira você está?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s